Na cidade toda, serão mais de 1.000 eventos esportivos gratuitos

 

A Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de São Paulo realiza neste sábado e domingo (23 e 24 de setembro) a Virada Esportiva 2017, com o objetivo de aumentar em 20% a taxa da prática de atividade física em São Paulo, como propõe o Programa de Metas da Prefeitura. Mais de 1.000 atividades gratuitas serão oferecidas em todas as regiões da cidade. Na região da Vila Mariana, serão 45 eventos no Parque Ibirapuera, Parque das Bicicletas, Centro Olímpico (COTP) e Sesc Vila Mariana. “Queremos uma população ativa o ano inteiro e estamos trabalhando para tornar as atividades físicas acessíveis para todos, de forma perene. Essa é a nossa Virada”, enfatiza o secretário municipal de Esportes e Lazer, Jorge Damião.

Na abertura, no sábado de manhã, o campeão de escalada Felipe Camargo subirá até o topo da Ponte Octávio Frias de Oliveira, conhecida como Ponte Estaiada, com o apoio da Red Bull. Em seguida, em pontos distintos da cidade, acontecem simultaneamente a Virada Oriental, na Liberdade, com esportes variados originários da Ásia (China, Taipei, Taiwan, Coreia do Sul, Tailândia e Filipinas), e o Campeonato de Skate “Banks Park Attack”, que será no Grajaú. O Largo Coração de Jesus, na região da Luz, exibe o Jogo das Estrelas, com a presença de grandes nomes do basquete nacional. Ainda no sábado (23), é dada a largada da Corrida do Revezamento 24h no Centro Olímpico (COTP), na Vila Mariana, com percurso estimado em 463 km. A chegada está prevista para as 10h do dia 24. Um atleta de peso da modalidade estará presente na prova, Marilson Gomes dos Santos, bicampeão da Maratona de Nova Iorque e tricampeão da São Silvestre. Também no Centro Olímpico acontecem diversos campeonatos das dez modalidades que o clube oferece. Serão abertas peneiras de seleção para que novos atletas com potencial olímpico façam parte da equipe do COTP.

Domingo, a partir da 7h, haverá mais duas grandes corridas: a Maratona Pão de Açúcar, no Parque Ibirapuera, e a Corrida Global Energy Race, da Bimbo, na Cidade Universitária, com opções de percursos de 3 km, 5 km e 10 km. No Museu do Futebol, um seminário será promovido pela OAB, com o tema: “O Esporte e o Direito”. O Largo da Batata terá a Arena Adidas, com atividades variadas, como Mahamudra, skate e yoga, quadrugby (rugby sobre cadeiras de rodas) nos dois dias da Virada, das 7h às 19h. Já a Seleção Brasileira Feminina de Rugby estará no Centro Esportivo Vila Prudente, dando dicas sobre a modalidade. O Largo também receberá um evento de Crossfit. O Vale do Anhangabaú será ponto de concentração da largada do Passeio Ciclístico do Carrefour, que percorrerá o Centro Histórico da Cidade. À tarde, um grande baile promete levar os idosos ao Centro Esportivo Tietê, que contará com uma programação de esportes adaptados. Ainda no espaço, a ex-atleta do vôlei, Fofão, vai ministrar uma vivência esportiva.

A Virada também estará presente em unidades do Sesc. O mesatenista Hugo Hoyama conduzirá um torneio recreativo no Sesc Consolação. Já Fernando Meligeni representará o tênis de quadra, com o bate-papo no Sesc Dom Pedro II. As piscinas públicas de São Paulo serão reabertas neste fim de semana, incluindo a do CERET, na Zona Leste, que é a maior da América Latina. Centros Esportivos, Clubes da Comunidade e CEUs de todas as regiões oferecem extensa programação de atividades para todos os gostos, como futebol, futsal adaptado, ginástica, basquete, atletismo, voleibol adaptado, diversas artes marciais, zumba, slackline, handebol, xadrez, patinação e muito mais.

A Prefeitura aproveita a data para iniciar também, de forma gradual, a campanha #SampaAtiva, com o objetivo de fazer com que as pessoas adquiram o hábito de ocupar a cidade praticando atividade física e esportes variados.

Confira aqui a programação completa (em atualização constante). Acompanhe também o site: www.viradaesportiva2017.com.br

Redação CHK

Redação CHK

Somos apaixonados por comunicação e pela Chácara Klabin. Acreditamos que moradores unidos têm o poder de transformar o bairro e a cidade onde vivem.
Redação CHK