Espetáculo da Cia. Druw leva os pequenos a uma viagem pelo universo da criação de uma obra de arte

Nos dias 27 e 28 de maio, sábado e domingo às 18h, o Teatro do Sesc Vila Mariana abre as portas para a Cia. Druw de dança, no espetáculo “Lúdico”, concebido especialmente para o público infantil. Inspirada na obra do pintor russo Wassily Kandinsky, o espetáculo dirigido por Miriam Druwe propõe um passeio pelo universo da criação de uma obra de arte, com muita cor e poesia. Os ingressos podem ser adquiridos nas bilheterias do Sesc SP, a partir das 17h30 do dia 17/05, com valores entre R$ 5 e R$ 17. Crianças até 12 anos têm entrada gratuita.

No espetáculo “Lúdico”, a reta, a curva e o ponto são personagens que têm características e personalidades próprias. A curva é estilosa e assanhada; o ponto é o início de tudo; a tela branca, sendo o mais simples dos elementos, é cheia de graça, mas também de expectativa; a reta é determinante e mandona, indica caminhos; o círculo preto, circunspecto e sisudo, é meditativo; o círculo vermelho por sua vez, é troada e relâmpago, apaixonado… O criador, ao se deparar com a reta, os círculos, o ponto, a curva e a tela, é engolido pela obra.

Como base para o desenvolvimento e criação do espetáculo, Miriam Druwe pesquisou o livro “Do espiritual na arte”, em que Kandinsky desenvolvia uma investigação filosófica sobre as cores e as formas. A partir dos elementos pesquisados, Miriam percebeu que o caráter lúdico sempre esteve rondando-a. A partir de sua paixão pelo pintor russo, cercou-se de profissionais premiados e competentes das artes e percebeu que, pela primeira vez em sua carreira, falaria às crianças.

Lúdico” foi concebido e é dirigido por Cristiane Paoli Quito e Miriam Druwe (que também assina a coreografia); a cenografia e os figurinos são de Marco Lima e a trilha sonora de Fábio Cardia; o desenho de luz é de Marisa Bentivegna. No palco estarão Alessandra Fioravanti, Anderson Gouveia, Elizandro Carneiro, Felipe Sacon, Manuela Fadul, Miriam Druwe e Orlando Dantas.

Criada em 1996, pela bailarina e coreógrafa Miriam Druwe, a Cia Druw tem como objetivo experimentar possibilidades de pesquisa e criação dentro de uma linguagem própria. Seus temas percorrem caminhos variados, com um estilo coreográfico que passeia de forma bem humorada e reflexiva por temas do cotidiano e questões da natureza humana.

Serviço:
Lúdico
Com a Cia. Druw
Dias 27 e 28 de maio, sábado e domingo, às 18h
Local: Teatro (capacidade: 620 lugares)

Duração: 60 minutos
Livre

Ficha técnica:
Concepção e direção: Cristiane Paoli Quito e Miriam Druwe
Coreografia: Miriam Druwe
Trilha sonora: Fabio Cardia
Cenografia e figurino: Marco Lima
Desenho de luz: Marisa Bentivegna
Intérpretes: Alessandra Fioravanti, Anderson Gouveia, Elizandro Carneiro, Felipe Sacon, Manuela Fadul, Miriam Druwe e Orlando Dantas

Venda de ingresso nas bilheterias a partir de 17/05, às 17h30.  Limitado a seis ingressos por pessoa.

Ingresso: R$ 17,00 (inteira) l R$ 8,50 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor de escola pública com comprovante) l R$ 5,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculados no Sesc e dependentes/Credencial Plena). Grátis para crianças até 12 anos.

Bilheteria: Terça a sexta-feira, das 9h às 21h30; sábado, das 10h às 21h; domingo e feriado, das 10h às 18h30 (ingressos à venda em todas as unidades do Sesc).

Horário de funcionamento da Unidade: Terça a sexta, das 7h às 21h30; sábado, das 9h às 21h; e domingo e feriado, das 9h às 18h30.

Central de Atendimento (Piso Superior – Torre A): Terça a sexta-feira, das 9h às 20h30; sábado, domingo e feriado, das 10h às 18h30.

Estacionamento: R$ 5,50 a primeira hora + R$ 2,00 a hora adicional (Credencial Plena: trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes). R$ 12 a primeira hora + R$ 3,00 a hora adicional (outros). 200 vagas.

Sesc Vila Mariana
Rua Pelotas, 141, São Paulo – SP
Informações: 5080-3000
sescsp.org.br
Facebook, Twitter e Instagram: /sescvilamariana

Redação CHK

Redação CHK

Somos apaixonados por comunicação e pela Chácara Klabin. Acreditamos que moradores unidos têm o poder de transformar o bairro e a cidade onde vivem.
Redação CHK