Cortejos e shows diários integram a programação que combina circo, música e oficinas em clima da arte de rua

Entre 10 e 13/2, o Sesc Ipiranga celebra o carnaval rememorando a arte de rua e os blocos tradicionais da cidade de São Paulo. Com apresentações de grupos musicais e cortejos que percorrem toda a Unidade, a programação “Folia das Ruas” traz artistas que se apropriam do espaço público para desenvolver seu trabalho.

Cortejos e Blocos 

Uma série de cortejos diários compõe a programação durante o carnaval no Sesc Ipiranga. Com grupos variados e blocos que celebram a criatividade, as intervenções acontecem às 15h e se iniciam do portão da Unidade.

Os foliões entram no ritmo da festa com o Bloco Agora Vai, no dia 10/2. Nascido na Barra Funda, o tradicional bloco de rua, composto por artistas de todas as regiões do país, traz marchinhas autorais acompanhadas por uma boneca gigante. No dia 11/2, a Cia. Suno faz um cortejo ao som de clássicos de jazz e músicas circenses. Com direção de Helaine Figueira, dez artistas realizam números acrobáticos com balões, malabarismo, contorcionismo e palhaçadas. O grupo Cabaré Três Vinténs é convidado da atração. Destaque na programação do dia 12/2, o Escola de Sampa conta um pouco da história do carnaval ao executar marchinhas clássicas como “Ô Abre Alas”, de Chiquinha Gonzaga, e “Evocação Nº 1”, de Nelson Ferreira. Parte do projeto Beabá do Carnaval, o coletivo de músicos é especializado em interpretar elementos tradicionais da cultura brasileira, como o “Congo do Espírito Santo”, as festas juninas e o próprio carnaval. O Bloco Unidas Seguiremos é um grupo de palhaças que apresenta seu novo repertório no dia 13/2. Repensando as marchinhas e o machismo presente nelas, as artistas (integrantes e convidadas) reinventam e subvertem a lógica das letras já conhecidas. O grupo discute o papel da mulher na sociedade utilizando o jogo cênico, atraindo a risada do público com elementos típicos do carnaval. Com humor e irreverência, a intervenção acontece com a direção musical de Lilyan Teles.

Shows

Além dos cortejos carnavalescos, diariamente o Sesc Ipiranga recebe grupos e bandas que exaltam a arte de rua. Entre diversos gêneros musicais, as atrações acontecem no Galpão, às 17h e são gratuitas.

No dia 10/2, O Cabaré Três Vinténs é responsável pela inesperada combinação entre swing, jazz e música brasileira. Com elementos circenses, o grupo busca resgatar as tradições musicais dos cabarés da década de 1930, desenvolvendo seu espetáculo em ambientes improvisados, como praças e ruas, ou em palcos profissionais. Para promover o estilo musical, o projeto Jazz na Kombi intervém na paisagem urbana, alterando os conceitos de ocupação do espaço público e garantindo boa música para os transeuntes. O grupo se apresenta no Galpão do Sesc Ipiranga  dia 11/2 com clássicos do ritmo. O quarteto Kick Bucket convida os visitantes para chutar o balde e assistir ao espetáculo que une originalidade e música. No dia 12/2, o grupo formado pelo baterista de baldes Bruno Kioshi, o saxofonista Thiago Kim, o pianista El Cid e o baixista Levy Santiago, mistura hip hop, funk e jazz para levar músicas conhecidas e canções autorais ao público. Juntos há quase dois anos, o show mistura técnica, cultura e o improviso das artes de rua. Encerrando a programação de shows do carnaval, no dia 13/2, O Grande Grupo Viajante mistura cores, gêneros, ritmos e influências para cantar canções autorais. Com seu EP “Todas As Cores” lançado em 2017, a banda canta histórias e suas experiências na capital paulista.

Oficinas

O Quintal também entra em festa com oficinas gratuitas e diversificadas para todas as idades. Nos dias 10/2 e 12/2, às 14h, acontece a oficina Máscaras do Futuro, que aproveita o carnaval para ensinar técnicas de construção de máscaras poligonais com iluminação, utilizando componentes eletrônicos. Às 14h nos dias 11/2 e 13/2, a oficina Carnaval que Pisca: Acessórios Luminosos produz acessórios iluminados com LED. Os instrutores do projeto Curumim recebem as crianças para a confecção de Máscaras Da Hora, no dia 10/2 às 11h e 14h. Entre 11/2 e 13/2 os pequenos aprendem sobre maquiagens, a produzir acessórios e adereços para o carnaval, nas oficinas Maquiagem da folia, Balangandã e Adereços de carnaval. Limite de 20 vagas por oficina, sem retirada de ingressos.

A oficina Trânsito Livre – Adereços e Fantasias ocorre entre 10/2 e 13/2, misturando a confecção de acessórios e fantasias com a conscientização acerca das regras de trânsito.

 

Redação CHK

Redação CHK

Somos apaixonados por comunicação e pela Chácara Klabin. Acreditamos que moradores unidos têm o poder de transformar o bairro e a cidade onde vivem.
Redação CHK