A Montesquieu é uma das principais vias da Chácara Klabin e nos acostumamos a repetir esse nome. Mas você sabe quem foi o homem homenageado na nomenclatura da rua?

Charles de Montesquieu foi um importante filósofo, político e escritor francês. Nasceu de uma família nobre francesa em 18 de janeiro de 1689, na cidade de Bordeaux (França). Formou-se em direito na Universidade de Bordeaux, em 1708, e foi para Paris prosseguir em seus estudos. Curioso insaciável, tinha um humor mordaz. Ele escreveu um relatório sobre as várias formas de poder, em que explicou como os governos podem ser preservados da corrupção.

Montesquieu quis explicar as leis humanas e as instituições sociais: enquanto as leis físicas são regidas por Deus, as regras e instituições são feitas por seres humanos passíveis de falhas. Definiu três tipos de governo existente: republicanos, monárquicos e despóticos, e organizou um sistema de governo que evitaria o absolutismo, isto é, a autoridade tirânica de um só governante. Para o pensador, o despotismo era um perigo que podia ser prevenido com diferentes organismos exercendo as funções de fazer leis, administrar e julgar. Assim, Montesquieu idealizou o Estado regido por três poderes separados, o Legislativo, o Executivo e o Judiciário. Essa é a teoria da separação de poderes e teve enorme impacto na política, influenciando a organização das nações modernas. Com isso, tornou-se um dos maiores nomes do movimento Iluminista: movimento político-filosófico que se caracterizou pela defesa dos direitos e da liberdade dos cidadãos. Os filósofos, entre eles, Voltaire, Diderot e Rousseau (outros nomes conhecidos na Chácara Klabin), exaltavam a razão, dizendo que ela guia o homem para a sabedoria e desprezavam toda e qualquer crença de forma religiosa. Nesse momento Paris se transformava na capital intelectual da França, contribuindo com o acontecimento da Revolução Francesa.

 

Pensamentos e ideias defendidas por Montesquieu:

– Era contra o absolutismo (forma de governo que concentrava todo poder do país nas mãos do rei).

– Fez várias críticas ao clero católico, principalmente, sobre seu poder e interferência política.

– Defendia aspectos democráticos de governo e o respeito às leis.

– Defendia a divisão do poder em três: Executivo, Legislativo e Judiciário.

“A pessoa que fala sem pensar, assemelha-se ao caçador que dispara sem apontar.”

“Leis inúteis enfraquecem as leis necessárias.”

“Quanto menos os homens pensam, mais eles falam”

(Montesquieu)

Redação CHK

Redação CHK

Somos apaixonados por comunicação e pela Chácara Klabin. Acreditamos que moradores unidos têm o poder de transformar o bairro e a cidade onde vivem.
Redação CHK