A Francisco de Vitória é uma das principais vias da Chácara Klabin e nos acostumamos a repetir esse nome. Mas você sabe quem foi o homem homenageado na nomenclatura da rua?

O frade espanhol Francisco de Vitória é considerado o fundador do direito internacional moderno. Foi, além de filósofo e teólogo, jurista.

Vitória acreditava que a sociedade política é o estado natural do homem. O objetivo do Estado é promover o bem comum e preservar os direitos dos cidadãos. A autoridade do Estado reside no corpo político, mas é transferida para os governantes para o seu exercício apropriado.

Segundo Francisco de Vitória, a melhor forma de governo é a monarquia, pois preserva a unidade necessária para a ação social e, ao mesmo tempo, preserva as liberdades individuais. Também estudou os jus gentium ou direitos das nações – leis que regem os direitos e deveres dos diferentes estados que formam a sociedade internacional.

Em sua original, solitária e belíssima pregação humanista, questionou a legitimidade da conquista espanhola da América, mesmo que fosse para combater paganismo ou práticas como o canibalismo ou sacrifícios humanos entre os nativos, pois os pagãos não eram irracionais. Para ele o papa não tinha o direito de dar a monarcas europeus domínio sobre povos primitivos a deveria se limitar ao controle do trabalho missionário. 

Monumento de Francisco de Vitória em Salamanca, na Espanha

Redação CHK

Redação CHK

Somos apaixonados por comunicação e pela Chácara Klabin. Acreditamos que moradores unidos têm o poder de transformar o bairro e a cidade onde vivem.
Redação CHK

Últimos posts por Redação CHK (exibir todos)