A convidada é Leonor Solano González, socióloga refugiada no Brasil

Sesc Vila Mariana dá continuidade aos encontros do programa Refúgio de Sabores, que traz à Unidade periodicamente refugiados de vários países para um bate-papo sobre as experiências do refúgio, as lembranças e as identidades culinárias de seus países de origem. Em novembro, a convidada é a socióloga e professora de Espanhol, Leonor Solano González, que conversa com o público sobre as tradições nacionais e a culinária típica da Colômbia, de onde emigrou em 2002, passando à condição de refugiada no Brasil.

O encontro acontece no dia 22 de novembroquarta-feira, das 19h às 21h, com inscrições já em andamento na Central de Atendimento do Sesc Vila Mariana, de terça a domingo. Os valores variam entre R$ 9 e R$ 30.

Leonor diz-se já sentir-se em casa, no Brasil, “o Brasil é pra mim a minha casa, meu segundo lar. Estou no Brasil há 15 anos”. Mas, na condição de refugiada, percebe-se a nostalgia de sua Colômbia natal, manifesta em seu apreço pela tradição culinária do país: “os sabores de minha terra são muito diversos, por causa do clima e da cultura de cada região… o sabor, o gosto são puro sentimento”, e completa, “através da gastronomia podemos conversar a historia e a tradição de um povo, neste caso o meu”.

Ao final do encontro do dia 22, os participantes poderão degustar um prato típico da culinária colombiana.

Leonor Solano González é refugiada no Brasil desde 2002, socióloga e professora de Espanhol.

Refúgio de Sabores faz parte do projeto Alimento e Cultura, iniciativa do Sesc SP que leva às Unidades ações educativas focadas em hábitos alimentares diversos e desenvolvimento de práticas regionais da cultura alimentar.

 

Redação CHK

Redação CHK

Somos apaixonados por comunicação e pela Chácara Klabin. Acreditamos que moradores unidos têm o poder de transformar o bairro e a cidade onde vivem.
Redação CHK