A “Mostra Refúgios Culturais” traz vendas e demonstrações de produtos como maquiagem síria, roupas e tecidos senegaleses, henna árabe, bordados sérvios, bolsas e cachecóis iranianos e muitas outras atividades!

Nos dias 16 e 17 de dezembro, sábado e domingo, das 14h às 18h, o Sesc Vila Mariana organiza a Mostra Refúgios Culturais, com artesanatos,artefatos e gastronomia de diversos povos em situação de refúgio, que vivem em São Paulo. A mostra tem como principal objetivo permitir as trocas e os diálogos culturais entre diferentes nacionalidades e proporcionar visibilidade à questão do refúgio e às produções culturais dos países de origem dos refugiados. Durante os dois dias, estarão na Praça de Eventos da Unidade pessoas oriundas de SíriaSenegalSérviaGuiana FrancesaIrã e Peru. Vendas e demonstrações de produtos como maquiagem síria, roupas e tecidos senegaleses, henna árabe, bordados sérvios, bolsas e cachecóis iranianos, entre outros, estarão à disposição do público. A entrada é gratuita.

Além do espaço para os expositores da mostra, haverá apresentações artísticas, oficina e bate-papo, com temas como direitos dos refugiados,música circular, turbantes e um sarau músico literário, com representantes das culturas síria, colombiana, congolesa, angolana, palestina, haitiana e iraniana.

Confira a programação completa:

Stands de vendas e demonstração de produtos.

1. Maquiagem Síria, com Yaman Saad (Síria)
2. Roupas e Tecidos, com Soda Diop (Senegal)
3. Henna Árabe, com Mohamad Alsaheb (Síria)
4. Roupas para Crianças e Bordados, com Drágica Stefanovic (Sérvia)
5. Bonecas Africanas, com Renee Ross Londja (Guiana Francesa)
6. Bolsas e Cachecol, com Ali Entezari (Irã)
7. Degustação grátis do suco chicha morada, com Carlos Ernesto Durand Llanos (Peru)

Sábado | 16 de dezembro

14h às 16h
Lei de Migração e Refúgio
com Laureano da Costa, Marc Elie Pierre e Maria Beatriz Bonna Nogueira

Debate sobre os direitos dos refugiados e imigrantes que residem no Brasil atualmente, abordando também a questão dos apátridas e demais pessoas que sofrem com a invisibilidade política e de direitos. Serão considerados aspectos das legislações vigentes que se pautam na Lei de Migração (2017) e Lei de Refúgio (1997).

A atividade conta com a participação de William Torres Laureano da Rosa, advogado da equipe do Programa de Proteção Legal para Refugiados da Cáritas; Maria Beatriz Nogueira, chefe do escritório da ACNUR em São Paulo; e Marc Elie Pierre, imigrante haitiano formado em Estudos em Diplomacia pela Accadémie Nationale Diplomatique et Consulaire (ANDC), que atualmente cursa Ciências Sociais na Fundação da Escola Sociologia e Politica de São Paulo (FESPSP), e que tem participado de discussões sobre migração haitiana: história, geopolítica e geoestratégia.

16h30 às 17h30
Música Circular
com Zuza Gonçalves e Oula Al-Saghir (Síria)

Vivência de Música Circular mediada pelo arte-educador Zuza Gonçalves e pela cantora de música árabe Oula Al-Saghir (Síria).

Domingo | 17 de dezembro

14h às 16h
Oficina de Turbantes
com Sylvie Mutiene Ngkang (Congo).
20 vagas
Inscrições no local | R$ 20 (inteira) | R$ 10 (meia) | R$ 6 (credencial plena)

Na atividade serão ensinadas diferentes técnicas para produção de turbantes para mulheres e homens, com demonstração das amarrações de tecidos para os cabelos. A ação será mediada por Sylvie Mutiene Ngkang, congolesa que por questões políticas precisou abandonar a carreira como advogada em sua terra natal e se refugiou no Brasil.

16h30 às 18h
Sarau dos Refugiados

Com Monir Nadim (Irã), Juanita Hernandez Solano (Colômbia), Abdulbaset Jarour (Síria), Hidras Tuala Tsueso (Congo), Mabiala Nkombo (Angola), Muanda Tuala Tryson (Congo), Amjad Abdalkareem Ali Miehem (Palestina), Marc Elie Pierre (Haiti) e a mestre de cerimônias Débora Garcia (Sarau das Pretas), seguido da apresentação musical do grupo Os Escolhidos, formado por Hidras Tuala Tsueso (Congo), Mabiala Nkombo (Angola), Muanda Tuala Tryson (Congo).

 

Saiba mais informações no link.

Serviço:

Mostra Refúgios Culturais
Dias 16 e 17 de dezembro, sábado e domingo, 14h às 18h
Local: Praça de Eventos (capacidade: 250 pessoas)

Duração: 240 minutos/dia
Livre
Grátis

Sesc Vila Mariana
Rua Pelotas, 141, São Paulo – SP
Informações: 5080-3000
sescsp.org.br
Facebook, Twitter e Instagram: /sescvilamariana

Redação CHK

Redação CHK

Somos apaixonados por comunicação e pela Chácara Klabin. Acreditamos que moradores unidos têm o poder de transformar o bairro e a cidade onde vivem.
Redação CHK