Considerado um dos lugares mais desejados para morar, saiba mais sobre a história e os benefícios do tradicional bairro da Vila Mariana!

A história deste bairro tradicional é antiga, dos tempos em que suas ruas eram repletas de sítios e chácaras, cedendo lugar, no século 19, à Estrada Carril de Ferro, que ligava São Paulo a Santo Amaro, na época, um município. Antes, a Vila Mariana chamava-se Cruz das Almas, por causa da presença de cruzes que lembravam os viajantes mortos na beira da estrada. A mudança do nome do bairro possui duas versões. A primeira é que o coronel da guarda nacional Carlos Eduardo de Paula Petit queria homenagear sua mulher, Maria (a primeira professora do bairro), e a sua mãe, Ana. A segunda atribui o nome ao engenheiro Alberto Kuhlman, responsável pela estrada de ferro, que também queria fazer um agrado à mulher Mariana Mato Grosso.

No início do século 20, a Vila Mariana já era um bairro bastante expressivo. Em 1887, o Matadouro Municipal (onde hoje está localizada a Cinemateca), trabalhava para abastecer toda a cidade. Com a chegada dos imigrantes, as oficias de ferro carril trabalhavam a todo vapor na rua Domingos de Moraes, assim como a fábrica de fósforos de Carlos Petit e a Escola Pública de Dona Maria Petit na Rua Vergueiro.

Com a chegada do metrô em 1974, o bairro começou a se modernizar, diminuindo as distâncias e localizando-se próximo do mais importante parque urbano da cidade de São Paulo, o Parque Ibirapuera. Hoje, abrangendo cinco estações (Ana Rosa, Vila Mariana, Paraíso, Santa Cruz e Chácara Klabin), também conta com uma grande infraestrutura de serviços, lazer e comércio.

A sede da Cinemateca Brasileira, a Casa Modernista, o Sesc Vila Mariana e o Museu Lasar Segall surgem como importantes pontos culturais da região:

Além da forte presença acadêmica, especialmente da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), um centro de referência, com hospitais, clínicas e institutos de estudo e pesquisa.

É inegável que a Vila Mariana seja um bairro tradicional com ares contemporâneos! Tornando-se, atualmente, um dos lugares mais desejados para morar em São Paulo!

Foto enviada por seguidor da CHK!

(Fonte: O Estado de SP)

Redação CHK

Redação CHK

Somos apaixonados por comunicação e pela Chácara Klabin. Acreditamos que moradores unidos têm o poder de transformar o bairro e a cidade onde vivem.
Redação CHK