Você percebe que além de sua casa, sua vida pessoal também está uma bagunça? Isso te traz uma sensação de frustração e de mal-estar? A Organização Pessoal é o alicerce, a base para uma vida mais fluida onde, a partir de você mesmo, todas as áreas ao redor passam a funcionar de modo mais organizado.

Algumas áreas da vida pessoal que as pessoas mais se queixam:

  • Rotina da Casa
  • Finanças
  • Lazer
  • Planejamento de Férias

É certo que cada família tem seu próprio ritmo e preferencias, mas é importante observar quais são as prioridades para desenhar uma melhor rotina para todos da casa. Exemplo: a principal refeição da casa onde todos podem comer juntos é o jantar, então nesse caso, elaborar um cardápio especial, saudável e nutritivo para essa ocasião fará bem para toda família. Depois de descobrir o ritmo e as preferências de sua casa, estabeleça as prioridades e funções para cada membro. Afinal, a casa não pode funcionar de modo organizado sem que todos colaborem com o processo.

  • Quem pode colocar o café da manhã?
  • Quais são os itens indispensáveis para cada refeição?
  • Lista de compras da semana na geladeira, onde todos possam escrever o que percebem estar faltando;
  • Arrumação dos quartos: quem são os responsáveis?
  • Limpeza dos demais cômodos;
  • As contas a pagar possuem um local específico? (Pastas/Escaninhos);
  • As chaves da casa e do carro precisam de local único para que todos possam encontrá-las;
  • Se a casa possuir pet, será necessário estabelecer os responsáveis pelo passeio, banho, limpeza e alimentação. Pode-se estabelecer um rodízio também de atividades;
  • Uma lousa na cozinha ou outro local pode se tornar um “ponto de encontro de recados” da família. É uma ótima dica para lembretes, recadinhos de amor entre outros. Facilita a comunicação e traz harmonia ao lar;
  • Ensinar as crianças a discernir a roupa suja das que podem ser usadas mais de uma vez. Restos de comida do prato podem ser tiradas antes de se colocar a louça para lavar na pia, arrumar a própria cama, dobrar suas próprias roupas, se vestir sozinhos para escola, entre outros;

A autonomia é importante e pode ser aprendida e desenvolvida em casa!

 

Finanças

Uma das áreas da organização pessoal em que as pessoas em geral enfrentam mais dificuldades. Não é de estranhar tamanha dificuldade que é motivada, muitas vezes, pela falta de informação, o que gera medo e insegurança em falar sobre. Mas não é um bicho de sete cabeças tratar das finanças do lar. Vamos citar algumas dicas práticas que podem funcionar bem:

  • Romper o tabu de falar sobre finanças com toda família, inclusive as crianças. Começando com um bate papo aberto onde todos possam expressar o que sabem e pensam sobre as finanças da casa;
  • Depois os adultos elaboram uma planilha simples com algumas colunas essenciais (Entradas/Saídas/Salário/Despesas Fixas/Poupança/Investimentos);
  • Sigam preenchendo essas colunas o máximo delas, caso não se lembrem de todas busquem em meses anteriores uma média para lançar;
  • Quando as despesas forem pagas substituam pelos valores reais;
  • A coluna poupança/investimento é muito importante para projetar sonhos e realizações a longo prazo;
  • Uma importante coluna é das “Despesas Variáveis”. Nessa, sugiro uma forma mais simples de controle, por que não será prático abrir uma planilha a cada gasto do dia a dia para fazer os lançamentos. Assim, abra um grupo no WhatsApp e nomeie como “Family Accounting” ou “Finanças da Família” e vá lançando os gastos. Exemplo: dia 01/Jan Padaria 36,00 Depois lance na coluna de Despesas Variáveis;
  • Um treinamento de finanças para as crianças será muito saudável do ponto de vista educacional e não do estresse e preocupações, essas devem ficar com os adultos. Mas falar sobre e discutir prioridades em família é muito saudável e treinará seus filhos a gerenciar as finanças de suas próprias famílias no futuro;
  • Não permita que o dinheiro seja seu senhor, mas que você o domine sabendo como utilizá-lo da melhor maneira. “Não dê ao dinheiro o valor nem mais nem menos do que ele vale. Ele é um ótimo empregado, mas um péssimo patrão”. Alexandre Dumas

 

Lazer

O lazer é um item muito importante na organização pessoal e principalmente para gerar bem-estar em toda família. Pensar nas formas de lazer que mais agradam aos membros da família e realizar, pode parecer simples, mas requer planejamento, disposição e também organização financeira. Algumas atitudes podem ajudar como:

  • É possível realizar atividades de lazer com que frequência? Uma vez por semana, ao mês? Identificar isso logo no início é ótimo, pois servirá de norte para todo restante do planejamento;
  • Quais atividades de lazer mais agradam? Ao ar livre, shopping, cinema, teatro, viagens curtas?
  • Existem também várias opções gratuitas de lazer disponíveis. É preciso buscá-las na internet ou até mesmo falando com amigos. Mas é importante considerar que, mesmo gastando nada com o lazer em si, existem despesas a serem consideradas, como da locomoção e alimentação;
  • Estabelecer um dia de lazer em família dentro de casa também é uma ótima opção e com custo zero. Jogos interativos, para aqueles que moram em casa, usar o quintal para um acampamento, jogar bola, xadrez, dominó, dança em família etc.. as opções dependem da imaginação;

 

Planejamento de Férias

Esse item preocupa e, muitas vezes não se torna possível por falta de planejamento. As férias, assim como lazer, são itens importantíssimos da organização pessoal. Conhecer lugares novos, interagir com pessoas diferentes, conhecer a culinária de um país e entre tantas outras coisas, fazem das férias uma época tão aguardada por todos. Mas para ela ser realmente seja proveitosa e feliz, é preciso planejamento e algumas dicas como:

  • Planejar com no mínimo 6 meses antes é o ideal para férias nacionais. Para as internacionais um planejamento de 1 ano é indicado;
  • Pesquisa dos valores de passagem aérea, hotel, alimentação, passeios, seguro viagem são primordiais para identificar se esse sonho cabe no seu orçamento;
  • Caso não caiba no orçamento, o que posso fazer para conseguir realizar? Reservando quanto de dinheiro e em quanto tempo?
  • Busque por opções em agências, sites de viagens e também na opção “self” onde você planeja o roteiro do início ao fim. Normalmente, os preços das agências são maiores, porém, a comodidade deve ser levada em conta. O perfil dos viajantes define esse ponto;
  • O tempo de férias é de relaxamento e alegria e não de preocupação e estresse, por isso, pensar em tudo desde local, roteiro, finanças e recordações são detalhes importantíssimos que devem ser considerados antes de viajar;

A organização pessoal propõe que seja gasto tempo antes com as áreas mais críticas e que mais incomodam sua vida, utilizando as dicas acima para colocá-las em ordem. Aos poucos, mas traçando metas para que elas tenham início, meio e fim. O resultado de bem-estar e satisfação é garantido!

 

 

Weridiana Alves

Weridiana Alves

Sou Weridiana Alves da AmelliaHome, Personal Organizer prestando serviços de consultoria de organização residencial, escritórios, cardápios personalizados, gestantes, noivos e muito mais.
A AmelliaHome tem como objetivo facilitar a vida das pessoas com atendimento personalizado melhorando a qualidade de vida dos clientes.
Contato: amellia.com.br(11) 994380000
[email protected]
Weridiana Alves

Últimos posts por Weridiana Alves (exibir todos)