São Paulo de Piratininga, dos padres Jesuítas. Cresceu e se tornou o principal centro econômico do país tropical. Apareceu e consagrou-se uma cidade que esbanja oportunidades, valoriza o trabalho e não quer nada de graça. Alguns a comparam com Nova Iorque, por ter nome composto, ser uma cidade que nunca dorme, com pessoas sempre com pressa e edifícios que competem pelo maior número de andares. Outros até acham que ela tem ares europeus, ao observar alguns lampiões se destacando no charmoso centro histórico rodeado de vários pontos turísticos. No fundo, todos sabem que São Paulo tem alguma coisa misteriosamente diferente, mas ninguém sabe dizer. Talvez seja exatamente isso. O grande fascínio dessa cidade, é que ninguém sabe descrevê-la! Pergunte para cada paulistano o que ele acha de São Paulo e descubra várias respostas diferentes. Uma cidade abstrata. A melhor definição.

16216063_1254932301263215_1094921047_n

 

16343839_1254932387929873_1642367080_n

Manuel Bandeira define São Paulo como uma grande dramática, já Rita Lee como caótica quanto ela. Darcy Ribeiro nos mostra que todas as cidades amam seus rios e aqui não. Tom Zé opina que é a mais doce cidade…a mesma cidade que faz Vera Fisher comer mais. Bussunda disse que foi o lugar mais esquisito onde já fez amor, mas Criollo garante que não existe amor em SP.

Para quem valoriza a famosa expressão “a primeira impressão é a que fica”, São Paulo pode ser um interessante objeto de estudo. O centro da cidade é a beleza convivendo com a decadência e a Avenida Paulista, com seu Paraíso e Consolação, é a grande metáfora dos relacionamentos paulistanos. Ao mesmo tempo em que é caótica, nos pegamos andando em bicicletas, ciclofaixas e avenidas fechadas aos domingos. É o lugar mais democrático também. Só não diga em voz alta por aqui qual time você torce, se é contra ou a favor dos graffitis ou se participará da manifestação em frente à Catedral da Sé.

16295224_1254931934596585_1330844026_n

sp

São Paulo é “exótica”, a famosa palavra que usamos quando não queremos dizer que é bonita pois na verdade nem sabemos o que é. É mentirosa! Tem uma rua Direita que é torta, uma rua Formosa que é feíssima, uma rua das Palmeiras sem palmeiras e um dos principais viadutos da terra do café tem o nome de… Viaduto do Chá. É metida! Se acha a própria Tóquio na Avenida Liberdade e em plena selva de pedra, estampa um lindo Parque Ibirapuera, para poder gritar que é eco-friendly.

Mas é o local onde todos são livres. Garanto que por aqui, existem todos os tipos de tribos. Aquelas que reservam um fim de semana todo mês para encarar um rodízio de comida japonesa, aquelas que vão direto na seção vegana do mercado, aquelas que correm para o drive-thru e aquelas descoladas que adoram ficar em frente a um Food Truck.

É a cidade que amamos odiar. É a cidade que ninguém entende por que amamos. Mas nós amamos. E não pergunte por que.

Parabéns São Paulo!

16343999_1254931771263268_501459562_n

Redação CHK

Redação CHK

Somos apaixonados por comunicação e pela Chácara Klabin. Acreditamos que moradores unidos têm o poder de transformar o bairro e a cidade onde vivem.
Redação CHK