Com o avanço da tecnologia, e pela comodidade que a internet nos proporciona, fazemos cada dia mais coisas sem sair de casa, ou ainda através de nossos smartphones. Temos a sensação de privacidade quando realizamos operações financeiras sem ir ao banco, porém os bandidos agora também agem à distância. Por isso, vem aumentando dia após dia os casos de golpes digitais.

Confira abaixo alguns dos golpes mais utilizados:

Falsos E-mails de Instituições Financeiras
Certamente em sua caixa de entrada já deve ter caído um e-mail de certo banco sobre atualizações de dados entre outros interesses. Os bancos não fazem isso através de e-mail ou por telefone.

Falsos boletos
Desconfie daqueles boletos recebidos via e-mail ou correspondência, principalmente os que vêm com aviso de “Urgente”.

 Site falso
Sempre confira no rodapé e na barra de endereço eletrônico do site no qual esteja navegando, para se certificar que é seguro, principalmente se você tiver que inserir seus dados pessoais e senhas. Os bandidos costumam clonar os sites de compras e redes sociais mais utilizados.

Oportunidades de Emprego Falsas
No golpe de trabalhar em casa, as vítimas são atraídas por conta de uma variedade de oportunidades. Esses sites podem ser tão convincentes que as vítimas frequentemente são levadas, a fornecer ao fraudador suas informações pessoais, com a promessa de salários-hora acima da média ou do pagamento de grandes quantias por semana.

“Piratas” do wi-fi
Evite usar o wi-fi de lugares públicos ou estabelecimentos comerciais, você fica vulnerável para que os bandidos clonem ou furtem os seus dados. Use somente redes confiáveis, como sua residência ou seu local de trabalho.

Serasa Experian
Desconfie das cobranças deste órgão que já vem com o boleto para pagamento. O Serasa não realiza tais cobranças, por e-mail, telefone e nem por correspondência.

 

* Desconfie de tudo e, na dúvida, entre em contato com a sua instituição financeira.

Marcos Verardino

Marcos Verardino

Marcos Verardino é 1o Tenente da Polícia Militar do estado de São Paulo. Bacharel em Ciências da Segurança Pública pela academia do Barro Branco. Bacharel em Direito. Atualmente comanda um pelotão da ROTA.
Marcos Verardino