Com dramaturgia e direção do Núcleo Caboclinhas, espetáculo narra a trajetória e a contribuição poética-biográfica-literária de Cora Coralina, uma das maiores escritoras brasileiras

Núcleo Caboclinhas presta uma singela homenagem à poetisa Anna Lins dos Guimarães Peixoto Bretas (1889-1985), mais conhecida pelo pseudônimo de Cora Coralina, no espetáculo musical infantil “Cora, Doce Poesia”. A peça ganha uma nova temporada no Sesc Ipiranga,nos dias 13, 20 e 27 de agosto, com sessões aos domingos, às 11h. Os ingressos custam até R$17, no entanto, crianças com até 12 anos não pagam.

Com direção e dramaturgia coletivas, a peça destacaa vida simples, os versos, as flores, os doces e os valores dessa escritora à frente de seu tempo, que extraía a poesia das miudezas do cotidiano e das ruas históricas de Goiás. A montagem conta e canta com muito lirismo toda a trajetória da poetisa, desde a infância até a velhice. Nesse passeio musical, com canções compostas especialmente para a encenação, as atrizes Aline Anfilo, Geni Cavalcante, Giuliana Cerchiari e Luciana Silveira revelam ao público as diferentes facetas que a homenageada assumiu ao longo de todo esse tempo.

Apenas aos 75 anos, Cora publicou seu primeiro livro pela famosa Editora José Olympio – até então ela ganhava a vida como doceira. Considerada uma das maiores escritoras modernistas brasileiras, ela foi carinhosamente apelidada de “Aninha”por Carlos Drummond de Andrade em um artigo publicado no Jornal do Brasil, em 1980.

Ao longo de sua carreira tardia, ela publicou nove livros de contos e poesia (sendo cinco deles póstumos). São eles: “Poema dos becos de Goiás e estórias mais” (1965), “Meu livro de cordel” (1976), “Vintém de cobre – Meias confissões de Aninha” (1983), “Estórias da casa velha da ponte” (1985), “Meninos verdes” (1986), “Tesouro da casa Velha” (1996), “A moeda de ouro que o pato engoliu” (1999), “Vila Boa de Goiás” (2001) e “O Prato Azul-Pombinho” (2002).

 

FICHA TÉCNICA:

CORA, DOCE POESIA

Com Núcleo Caboclinhas.

Direção e dramaturgia: Núcleo Caboclinhas

Elenco: Aline Anfilo, Geni Cavalcante, GiulianaCerchiari e Luciana Silveira

Duração: 1 hora

Recomendação Etária: Livre

Gênero:  Biografia poética

 

SERVIÇO:

“CORA, DOCE POESIA”

Sesc Ipiranga – Rua Bom Pastor, 822. Teatro (200 lugares)

Temporada: 13/08 a 27/08, Domingos às 11h.

Preços: R$ 17,00. R$ 8,50 (meia). R$ 5,00 (credencial plena).

Crianças até 12 anos não pagam

 

Vendas nas bilheterias do Sesc em São Paulo a partir de 09/08, 17h30.

Redação CHK

Redação CHK

Somos apaixonados por comunicação e pela Chácara Klabin. Acreditamos que moradores unidos têm o poder de transformar o bairro e a cidade onde vivem.
Redação CHK