Há 2 meses fiz um treinamento do órgão oficial de turismo da África do Sul, me tornando uma especialista no destino, e resolvi ver de perto toda aquela maravilha que tinha aprendido na teoria. Segue meu relato sobre a África do Sul, destino que você pode planejar comigo para as suas próximas férias!

africa1

“Eu e minha família passamos 10 dias percorrendo cerca de 2.000 kms pela costa da África do Sul, com um carro alugado. Uma das principais Cias áreas brasileiras desde Outubro do ano passado está operando a rota São Paulo – Johanesburgo em um voo direto, e além dela, temos também outras Cias. que operam essa rota. Com esse voo, chegamos em Johanesburgo, de onde partimos em outro voo para Porto Elizabeth.  Uma observação: na África do Sul o trafego é mão inglesa, e os carros tem o volante do lado direito! Um desafio que meu marido superou rapidamente e não foi um problema nos adaptarmos ao mundo do lado contrário.

africa3 Percorremos a Rota Jardim (Garden Route), de Porto Elizabeth até a Cidade do Cabo (e gostaria de compartilhar as minhas principais impressões sobre esse destino, que certamente será “o destino” sucesso em 2017 para os brasileiros.

africa2

A África do Sul está totalmente preparada para receber turistas. Ficamos em hotéis e “guesthouses”, que nos surpreenderam pela qualidade e recepção. A comida é sensacional, e agrada muito ao paladar do brasileiro. Além de saborosíssima, é bem servida e barata. Muitos peixes e frutos do mar super frescos, além de cortes de carne bovina deliciosos (semelhante às carnes argentinas e uruguaias) e para quem gosta de novidades também é fácil encontrar carnes de caça e de avestruz. Em TODOS os restaurantes que entramos, fomos surpreendidos pelos ótimos pratos e preços (cerca de 30% mais baratos que em São Paulo), e não nos sentimos enrolados em lugar nenhum, nem mesmo nos mais “turistões” (como acontece em outros lugares).
As estradas são “um tapete”, dignas de primeiro mundo. Sinalização impecável (e em inglês) e o povo muito educado e respeitoso no trânsito. Infraestrutura turística nas principais cidades é excelente. A população fala inglês fluente, o que facilita muito. As paisagens são de tirar o fôlego! Ficamos de queixo caído com tanta beleza natural em todos os lugares que passamos. Um pôr do sol mais lindo do que o outro. Praias paradisíacas. E para fechar nosso roteiro com chave de ouro, 5 dias na Cidade do Cabo (ou como muita gente costuma falar, “o Rio de Janeiro que deu certo”). Cinco dias foram muito pouco pra essa verdadeira cidade maravilhosa, sugiro ficar uns dez. São muitos atrativos tanto dentro da cidade quanto em cidades próximas, como a rota do vinho entre Franschoek e Stellenbosch. Embora antes de ir eu tenha lido que as principais cidades não são muito seguras, em momento algum sentimos medo ou insegurança. Pra quem vive no Brasil, tira de letra as regras básicas de segurança em uma grande cidade.

africa4

Tive a oportunidade de conhecer 25 países, entre Europa, América do Norte e América do Sul, e depois de ter conhecido a África do Sul posso dizer com certeza que esse é um destino certo pra quem quer viajar pra um lugar maravilhoso, lindo, organizado, relativamente perto (em horas de voo), com ótimos serviços, comida fenomenal (e vinhos sensacionais!), seguro e mais em conta que os outros destinos mais visitados frequentemente por brasileiros.

africa5

africa6

africa7

Vá por mim: coloque a África do Sul nos seus planos!

africa8

Mariana Spolidorio

Mariana Spolidorio

É moradora da Chácara Klabin e viciada em viajar, além de ser Agente de Viagens na agência MEL VIAGENS. Utiliza seu Instagram @viajoparaviver para publicar fotos e dicas de lugares incríveis pelo mundo. Contato: [email protected]
Mariana Spolidorio

Últimos posts por Mariana Spolidorio (exibir todos)