Está chegando a festa mais agitada do ano aqui no Brasil. São quatro dias de pura diversão e a maioria das pessoas não consegue deixar esta data passar em branco.

 

E, para que a energia não acabe antes do fim da festa, nada melhor do que tomar alguns cuidados com a alimentação e a hidratação, afinal de contas, por mais que não se perceba, o esforço é intenso e exige muito das
condições físicas da pessoa. Uma das bebidas mais consumidas nesta época são as alcoólicas e, com a desculpa de que “tudo é festa”, as pessoas tendem a exagerar. Além de passarem horas sem se alimentar, abusam do álcool e esquecem de beber água.

O ideal é começar a se hidratar com antecedência. Dê preferência à água e aos sucos naturais, consumindo de 2 a 3 litros diariamente, já que os refrigerantes apresentam um baixo poder de hidratação. Mantenha uma alimentação variada e balanceada, diminuindo a ingestão de alimentos ricos em gordura, principalmente animal, e de frituras em geral. Dê preferência a alimentos ricos em carboidratos (pão, macarrão, batata, frutas) para que tenha bastante energia na hora da festa. Consuma muitas frutas e verduras, principalmente na forma de saladas, para que seu organismo esteja com os níveis de vitaminas e minerais em dia. Carnes magras como filé de frango, de peixe ou peito de peru são as mais indicadas.

Durante a festa, hidrate-se o tempo todo. Isto porque a perda de água através da transpiração é muito intensa e, junto com ela, perdem-se muitos eletrólitos, como sódio, potássio, magnésio e cloro. Neste caso, é interessante o uso de isotônicos naturais como a água de coco. Caso consuma bebidas alcoólicas, o faça com moderação e nunca com o estômago vazio, para evitar quadros de hipoglicemia. Acostume-se, também, a intercalar as bebidas alcoólicas com muitos goles de água.

Após a festa, o ideal é repousar bastante, tomar muita água e suco de frutas durante todo o dia, beber chás, como o de carqueja, que apresenta propriedades protetoras do estômago e do fígado, ou o chá de boldo, que facilita a digestão e ajuda na recuperação do fígado e da visícula biliar, consumir uma alimentação leve, com muitas frutas e verduras. Sopas e caldos também são muito bem vindos. Evite alimentos muito gordurosos.

 

Bom carnaval!

Adriana Stavro

Adriana Stavro

Adriana Stavro, formada em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo. Pós-graduada em Doenças Crônicas não Transmissíveis pelo Hospital Albert Einstein. Pós graduanda em Nutrição Clinica Funcional pela VP consultoria.
Adriana Stavro