Sesc Vila Mariana e Consolação reúnem Hamilton de Holanda e Armandinho, T. Kaçula, Emicida, Chico César e mestres da música percussiva brasileira para compartilhar experiências com o público por meio de cursos, vivências, apresentações, oficinas e bate-papos

Constante presença na programação do Sesc São Paulo, a música com sua gama de instrumentos e gêneros ganha ainda mais destaque nos meses de janeiro e fevereiro, com a programação especial de férias dos Centros de Música nas unidades Vila Mariana e Consolação.

Conhecidos tradicionalmente por oferecerem durante todo o ano cursos regulares de prática musical, os Centros de Música abrem suas portas nas férias com o intuito de fazer o público descobrir o prazer pela música. É neste período que a linguagem ocupa diversos espaços do Sesc Consolação e Vila Mariana trazendo uma extensa programação de atividades de curta duração que exploram a criação, sensibilização, prática e reflexão sobre o fazer musical.

São dezenas de atividades que procuram atender a uma larga faixa etária, workshops, cursos, oficinas, bate-papos, aulas abertas com artistas convidados como Hamilton de Holanda e Armandinho, T. Kaçula, Emicida e Chico César ou instrutores do Sesc.

Na programação estão oficinas de construção de instrumentos musicais como zamponha, xequerê ou xequebum, tambores, montagem e construção de pandeiros ou cursos e oficinas com abordagens menos convencionais como o ‘Violoncelo no Samba’, dado por Pedro Beviláqua ou o Receita de Maracatu, com o Bloco Maracatu de Pedra. O Choro, a percussão, a cultura das bandas de pífanos do nordeste brasileiro, seus ritmos e melodias ganham destaque na programação deste ano.

As crianças também têm vez nos Centros de Música e podem participar, por exemplo, do ‘Vamos Montar um Show?’, atividade com Tata Fernandes e Simone Julian, que propõe  trabalhar previamente a escolha de um repertório de cinco canções para apresentá-las no sexto dia em formato de show; ou o curso ‘Musicalização para crianças: ao som do Xilofone’, com o instrutor Renato Veras. Já os bebês podem experimentar as atividades lúdico-musicais de exploração e expressão musicais, com Margareth Darezzo. Os idosos também podem trabalhar o corpo e a voz no curso de Percussão Corporal e Canto Coral, com Charles Raszl e Solange Assumpção.

A abertura da programação no Sesc Vila Mariana será com o concerto ‘Bravissississimo – A Música Erudita no Universo da Criança’ com a Cia. Sinfônica de Bolso, no dia 07/01 – e com apresentações até o dia 4 de fevereiro, sempre aos domingos, às 15h.

Além de Bravissississimo, o Sesc Vila Mariana tem como destaque em sua programação as aulas espetáculos O Violão e a Obra de Chico César, no dia 20 de janeiro e Por Trás do Rap: Criação, Composição e Referências, com Emicida, no dia 21, a oficina Receita de Maracatu, com oGrupo Maracatu Bloco de Pedra, e o curso Introdução à Musicalidade Afro-Brasileira, com Paulo Dias, que acontece de 16/01 a 01/02, ambos já com inscrições abertas.

No Sesc Consolação, os destaques vão para o workshop Vozes do Bandolim, com Hamilton de Holanda e Armandinho, o curso Somos Som – Música Percussiva Brasileira, com Simone Sou e Fernando Lobo e Da Palma da Mão à Planta do Pé, com Marco Lobo.

Confira a programação completa no Portal Sesc SP: bit.ly/EFCM_2018

 

Serviço:

Especial de Férias do Centro de Música
Sesc Vila Mariana

Bravissississimo – A Música Erudita no Universo da Criança
Concerto com a Cia. Sinfônica de Bolso
De 7 de janeiro a 4 de fevereiro, domingos, às 15h (exceto dia 28/1)
Local: Auditório (capacidade: 128 lugares)
Duração: 60 minutos
Livre

Neste espetáculo, a Cia Sinfônica da Bolso explora a obra de Heitor Villa-Lobos dando ênfase ao primeiro instrumento do compositor, o violoncelo, e também à sua importante obra pianística. O espetáculo trará, entre outras obras, composições baseadas em melodias infantis tradicionais, como “Vamos todos cirandar” e “Passa, passa, gavião”, incluindo também sua mais famosa composição descritiva e nacionalista, “O Trenzinho do Caipira”.

Venda de ingresso nas bilheterias.  Limitado a quatro ingressos por pessoa.

Ingresso: R$ 17,00 (inteira) l R$ 8,50 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor de escola pública com comprovante) l R$ 5,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculados no Sesc e dependentes/Credencial Plena). | Grátis para menores de 12 anos.

Receita de Maracatu
Oficina com o Grupo Maracatu Bloco de Pedra
De 16 a 24 de janeiro, terça a quinta, das 15h às 17h
Local: Centro de Música
Duração: 120 minutos/aula
Acima de 10 anos

Inscrições: R$ 40,00 (inteira) l Grátis (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculados no Sesc e dependentes/Credencial Plena).

O curso de maracatu, ministrado pelos integrantes do Grupo Maracatu Bloco de Pedra, têm como objetivo oferecer recursos que aproximem os participantes da cultura do maracatu e lhes auxiliem a participar dessa brincadeira popular.

Introdução à Musicalidade Afro-Brasileira
Curso com Paulo Dias
De 16 de janeiro a 1 de fevereiro
Dias 16, 23, 30/1, terças, das 19h30 às 21h30
Dias 18, 1/2, quintas, das 19h30 às 21h30
Dia 24, quarta, das 19h30 às 21h30
Dia 3/2, sábado, das 14h às 17h
Local: Centro de Música
Duração: 120 minutos/aula
Acima de 16 anos

Inscrições: R$ 40,00 (inteira) l Grátis (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculados no Sesc e dependentes/Credencial Plena).

A proposta do curso é um passeio pelo universo das musicalidades de origem africana no Brasil, destacando seus aspectos históricos, sociais e musicológicos, através de aulas expositivas e práticas.

Choros de Garoto
Bate-papo com Jorge Mello e Domingos Teixeira
Dia 17 de janeiro, quarta-feira, às 19h30
Local: Praça de Eventos (capacidade: 250 lugares)
Duração: 90 minutos
Livre
Grátis

Organizadores do livro lançado pelas Edições Sesc, Jorge Mello e Domingos Teixeira falam sobre o processo de pesquisa e coleta das partituras inéditas do compositor Garoto.

Sesc Vila Mariana
Rua Pelotas, 141, São Paulo – SP
Informações: 5080-3000
sescsp.org.br
Facebook, Twitter e Instagram: /sescvilamariana

Redação CHK

Redação CHK

Somos apaixonados por comunicação e pela Chácara Klabin. Acreditamos que moradores unidos têm o poder de transformar o bairro e a cidade onde vivem.
Redação CHK